Saiba como evitar perdas de plantas com as geadas

No sul do Brasil, nesta época do ano, é muito comum acontecerem as geadas. E os agricultores são os mais afetados nestes tempos. A geada acaba comprometendo grandes e pequenas plantações e para evitar maiores estragos nas lavouras, trazemos uma receita para evitar o congelamento das plantas. Confira:

Utilizamos o mesmo princípio do chamado cooler para radiadores de carros, que utiliza o etileno glicol e reduz a temperatura de congelamento para -20ºC ou até menos que isso.  Só que com outra propriedade, já que o etileno glicol é absolutamente tóxico para as plantas.

Com fertilizantes solúveis, sais de Magnésio (íon bivalente) e em especial Nitrato de Magnésio é possível reduzir bastante a temperatura da água no ponto de congelamento, bem abaixo de 0ºC. A sugestão é pulverizar as lavouras com solução abundante. Para se ter uma noção, em uma lavoura de café, por exemplo, a medida seria de 700 a mil litros de solução por hectare, sendo a dose de Nitrato de Magnésio a 1% de concentração. Para 700 litros, a proporção de 7 quilos de Nitrato de Magnésio e essa pulverização vai fazer com que o orvalho da madrugada não vire gelo.

Para Hortaliças, no entanto, a dose de Nitrato de Magnésio é mais suave – de até 0,5% do volume a ser pulverizado. Os efeitos em mitigar os danos da geada podem durar 2 a 3 dias.

A segunda estratégia para diminuir os efeitos das geadas nas plantas, é aplicar via aspersão o mesmo Nitrato de Magnésio que seria como uma quase “fertirrigação”, porém em dose mais suave na concentração que deve ficar em 0,2% de concentração, ou seja, 2kg de Nitrato de Magnésio para cada m3 de água usada nessa aspersão.

Ambas as estratégias reduzem o ponto de congelamento da água. Entre os sais com íons Bivalentes a melhor escolha é o Nitrato de Magnésio pela sua alta solubilidade e custo baixo. Outros íons Bivalentes têm baixa mobilidade no floema com maior risco de queima das folhas.

O Nitrato de Magnésio tem 2 nutrientes de alta demanda pelas plantas que servem como complemento nutricional enquanto amenizam os efeitos da geada.

Quer encontrar a solução mais adequada para a sua lavoura? Entre em contato conosco. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *